Monday, July 24, 2006


“Numa noite escura e fria, alguns porcos-espinhos descobrem que encostando-se uns aos outros têm menos frio. Aproximam-se cada vez mais mas.. Ai! Ui!- como são porcos-espinhos, acabam por se picar mutuamente.
Espantados, afastam-se. Ora, quando se separam, voltam a sentir frio e lamentam-se por terem deixado o calor, mas também receiam picar-se novamente. Passado algum tempo e vencido o medo, voltam a juntar-se. E novamente a picar-se.
Apesar de tudo, aguentam-se assim, durante algum tempo até que descobrem que, se se mantiverem próximos a determinada distância, conseguem transmitir reciprocamente calor, sem se ferir.”
Encontrei esta história
e trouxe-a para vocês aqui.
Oxalá gostem.
Eu gostei logo, quando a li.
Desconheço o autor.
Um abraço a todos.

15 comments:

A Capela said...

Também gostei da história Xana e não vamos passar o comentário para o do post anterior, né? ;)

Fez-me imediatamente lembrar o pedido do Papa para um dia especial de oração pela Paz, o de ontem. Entre as suas palavras encontro esta frase de que gostei particularmente: que se « se criem imediatamente corredores humanitários » ... A história dos porcos-espinhos, de algum maneira roçam os problemas de relacionamento humano, e assim, vejo quanto temos a aprender ainda com os animais. Aquecem-se e apesar dos espinhos, ou não?

Gostei :) Abrençãos,
Malu

deep said...

Olá, Xana.
Também gostei da história... onde descobres tu estas histórias?

Fica bem. Bjs e boa semana.

a. said...

que hitória deliciosa... gostei muito!

Araj said...

Adorável....

Cris said...

Adorei a história! Há que encontrar a medida certa para tudo! Até os animais o sabem!
Goste do teu "Portinho de Abrigo"! Vou voltar com certeza!
Beijinhos :D

NaSacris said...

Uma sempre necessária distância canónica. :)

A Capela said...

Vim só desejar-te um bom fim de semana Xana.
e deixar-te um bjinho, Malu

Leonor said...

é tão bom sentir alguém próximo, que nos aquece mas não nos queima... beijinhos, e... boas férias.

xana said...

malu, querida malu,

que bom que gostaste da histórinha.
Eu também gostei disso, dos "corredores humanitários"..
É... faz todo o sentido o que o dizes.. muito há, defacto, no mundo animal, na natureza em redor, que podemos absorver para nós, transpor para o nosso lado, para a nossa própria natureza para as nossas teias de relacionamentos, para os nossos próprios entendimentos.
E parece estar tudo por aí, à disposisão. Gratuitamente. Dia após dia. Sinal após sinal.
basta olharmos bem. Estarmos atentos.
...
um grande e profundo abraço.


deepzinha,

olá! Onde, perguntas-me tu?!
Maioritariamnete nos braços abertos dos livros, da net, dos amigos...
Entram-me assim pelos olhos e pelos ouvidos adentro. ;)
Olha e por falar em braços abertos : Um abraço!


a. - olá! Um braço tb para ti!


araj, bom araj:
concordo!


cris,

volta, claro! Sê muito bem-vinda(o) ! Será bom ter-te por cá no meio de todos nós.


pedro Josefo:

olá..
gosto de te ver a pairar por cá!
Que voltaste a estar entre nós.
Que voltaste a ter voz!
A tua presença era importante.
merci!

minha querida leonor,
toda a razão.. toda a razão...
isso é divino, é libertador..
é também isso o amor...
Mil abraços.

paula said...

Xana gostei da história!achei interessante o facto de termos sempre de achar o meio termo entre o prazer e a dor pois não somos completamente afortunados nem completamente desamparados!é a busca do equilíbrio que melhor nos define como seres humanos e finitos!Um abraço forte

xana said...

e eu gostei de te ler...
Bem vinda, Paula..
Bom dia !

emlino said...

Esta a história ideal para contar aqueles amigos 'cola' que descobrimos nas nossas vidas... tipo bardo Assurancetourix das Aventuras de Astérix... :)
Ou para pensar nas vezes que pensam isso de nós...
E por aqui recolho os meus espinhos :)

xana said...

emlino, bom dia!

a tua presença é sempre bem-vinda!
:)
Paz e Bem!

s.p. said...

OLÁ...XANA...
AS HISTÓRIAS SÃO APENAS LIÇÕES...
AS LIÇÕES SÃO MOMENTOS DE APRENDIZAGEM...E TODOS ESSES MOMENTOS SÃO A NOSSA VIDA..´.JÁ JC TINHA DESCOBERTO ISTO E POR ISSO PEGOU NUM GRUPINHO DE PESCADORES...DAQUELES QUE NÃO ERAM NADA NA VIDA...E MOSTROU-LHES QUE A VIDA ESTÁ CARREGADA DE SONHOS E LIÇÕES E HISTÓRIAS...E TODOS TEMOS UM DIREITO OU DEVER OU O QUE QUISERMOS CHAMAR...VIVER...
ADORO HISTÓRIAS PORQUE ME AJUDAM A VIVER...
ABRAÇO

xana said...

olá, sp!
Que bom que aí estás. Junta-te a nós!
E conta-nos uma história bonita de JC!

Abraço aceite e retribuido!