Wednesday, September 20, 2006


O Amor é um Templo !

15 comments:

Confessionário said...

E está aberto o templo?? Pode-se lá entrar ou é tão escuro como a maioria dos nossos templos? Ou é o local do encontro? Quer-me parecer que esta seria a melhor observação... beijinhos, minha flor de Deus!

Sandra said...

O Amor é um Templo para se contemplar, envolto em todo o seu mistério mas também em Alegria e em Sonho que nos faz voar ...Beijinhos

emlino said...

...cada um vê-o de uma forma diferente, projecta-o e constroi-o de uma maneira diferente, mas todos o queremos bonito e significante...

É esse amor que se abriga sob essa razão comum de ser templo, que nos torna arquitectos das nossas vidas... minuciosamente desenhadas... assim,... bonitas e significantes... :)))

Araj said...

mas que tem de ser cuidado, caso contrário perde o seu valor

joaquim said...

O Amor é tudo!!!

Abraço em Cristo

xana said...

Bem vindo, confessionário!
Há quanto tempo!
não.. não parece ser escuro. pelo contrário, sabes, lá dentro é que tudo fica bem mais claro!!
Sim, um lugar de encontro. O amor é o lugar de encontro.
Beijinhos aceites. Devolvidos em abraços!
Paz e Bem, para ti também, amigo.


Sandrita,
sim... para se contemplar e para lá entrar.. e ficar!
Um abraço.
Tenho saudades tuas, pequena!


emlino
isso....
é uma questão de arte...
e somos todos chamados a ser os artistas...
Que bonitas palavras nos deixas. merci!

bom araj,
tem mesmo que ser cuidado... dentro de nós!
Um abraço.

jmexia,
E aquilo que não parece ser, pode ser um chamamento para o amor!
Um abraço também para ti, forte e amigo.

ALICE said...

Não sei bem se o amor é mesmo um templo; mas será tudo nas nossas vidas. Torna-nos diferentes, mais leves, com sorrisos e lágrimas de alegria.A vida é toda cor de rosa e nada nos dói. Quando experimentamos o amor, quando o vivemos, quando o amor nos visita, apetece-nos gritar, correr,dançar, olhar para fora, chorar de alegria. Somos capazes, então, de vencer distâncias e espaços e sentimos o coração bater a cada instante; nunca, em tal circunstância, nos sentimos sós quando o amor nos bate à porta e resolve ficar por instantes que seja.Os olhos vêm o que nunca viram e as cores são mais vivas e há perfumes no ar quando o amor nos visita.Tornamo-nos um pouco crianças e nem nos damos conta do encanto que nos encanta e prende quando o amor nos dá a mão e nos enche a alma.Quando o amor nos visita e nos afaga, nos envolve,nos convida e nos acena,nos guia e nos acorda, nos agita e nos modela, nem nos damos conta da transformação que em nós se opera e se alcança nos sonhos que se sonham, nos vôos que nos levam para paragens distantes de silêncios e de esperanças quando o AMOR nos visita.

Um beijinho da Alice

Andante said...

Por vezes esse templo de amor desmorona-se...
Eu prefiro o templo do coração que salta de alegria e, dum amor que por vezes parece que arrefece, mas que não se desmorona, descobre novas formas de se alimentar para voltar a brilhar e a deixar escapar a LUZ (Jesus)para alimentar outros corações feitos Templo do PAI

Beijos peregrinos

a capela said...

Sacratíssimo.

Beijinho,

Malu

deep said...

Há que entrar nesse templo com o coração aberto, pronto para a partilha.
Boa semana. Bjs

xana said...

Alice,

as tuas palavras sobre o amor também são uma belíssima visita!
Obrigada pelo teu aceno.
Um grande abraço.


andante,
compreendo.
Eu imagino esse templo como um santuário interior. Um de abrigo, um que não se desmorona, se nós quisermos e cuidarmos. Um que acolhe. Um que promove. Um que se entrega..
Um que se regenera para nunca ruir.
...
Um abraço grande que abrace bem.




malu,minha querida malu:

consola-me a ida ao teu sítio, mas continuo sem conseguir aceder ao comentário. Vou vendo-te por aqui, merci.
Tu como estás?





querida deep,

sim, entrar e por lá se quedar..
Boa semana!

a capela said...

Virei sempre querida amiga. A amizade cabe muito bem nesse Templo.

Tirando as saudades, estou excelente :) obrigada Xananja.

xana said...

merci, malu! Eu sei.
E te agradeço.
Mas olha, como devo solucionar a questão da tua caixa de comentários? Que recomendas?
Bom dia amanha para ti.

E para todos!

CVJ said...

Só se esse templo for habitado e se puder lá viver. Mas talvez seja mais movimento (em direcção aos outro, aos outros) que templo.
Abraço.
Leonel

xana said...

CVJ... Leonel,

sim...é um templo aberto... sempre em movimento.
:)