Saturday, January 21, 2006

O que caberá dentro das nossas mãos?

Faz a experiência. Fecha as tuas assim.
Espreita para dentro delas …
como espreitam as crianças,
com curiosidade ...para descobrir.
Como espreita um cientista,
com rigor… para comprovar.
Como espreita um mago,
que primeiro tenta adivinhar.

O que pode caber em duas mãos fechadas assim?
Com esta forma circular,
diria que cabe um mundo!
Se couberem todos as tuas memórias,
Qual é a primeira que vês?
Se couberem todos os segredos,
Qual o último a revelar?
E se para além disso,
ainda couberem os medos,
Queres deixar cair algum?
Qual é o medo a largar?

Se fecharmos as mãos assim,
E couber tudo o que queremos guardar,
o que acontece quando as abrirmos?
Perdemos algo? Vamos ganhar?

Diria que vamos ganhar!!
Se abrirmos as mãos e as estendermos
em qualquer direcção…
é bem possível que para além do mundo que já lá temos,
caiba ainda aquilo que nos pedem
ou o que nos dão..
o que fará uma imensidão!

O que caberá dentro das nossas mãos?
Cabe o que se quiser ver..
O que se quiser fazer caber!

8 comments:

Miguel said...

Não imagines o que ficou dntro das minhas depois de te ler!

Pensar Cristo said...
This comment has been removed by a blog administrator.
Pensar Cristo said...

Caríssima Xana!

Disseram-me uma vez:
"Sabes aqueles teatros chineses? Com sombras de figuras de papel que são projectadas por um foco de luz (atrás das figuras) num pano grande (à frente), onde se vêm as suas sombras grandes?
Pois bem, digo que o teu medo é um tigre de papel! Quando o vês, parece grande, enorme, ameaçador! Até que o decides enfrentar, então levantas-te da tua cadeira e espreitas por cima do pano! E dizes:
-O quê? Eu tinha medo deste tigrezinho? Deste papelucho?
Os medos são do tamanho que nós queremos! Enfrenta os teus medos, pois são tigres de papel..."

Com um grande beijinho,

AVC

deep said...

As mãos existem para criar, para contruir. Por vezes, escondem segredos que na partilha se revelam.
Gostei do texto.
Boa semana!

JABA said...

Dentro das nossas mãos cabe todo o nosso querer… querer construir um mundo melhor… querer estender a mão para erguer alguém… querer dar a mão para partilhar os nossos segredos….querer e mais querer…

xana said...

Sim, concordo JABA.
Concordo muito.

zebeirão said...

Nas tuas (e minhas) mãos cabe tudo o que couber no teu coração.

Abraço

Confessionário said...

eu gostava de ver dentro dessas mãos... outras mãos, muitas mãos!